O Instituto C&A, a Associação Casa Azul, a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), o Instituto Ecofuturo e o Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF) promoveram um debate sobre a importância da leitura de literatura e sobre políticas de promoção da leitura no Brasil. O escritor e poeta Bartolomeu Campos de Queirós leu o “Manifesto por um Brasil literário”, na quinta-feira, 2 de julho de 2009, na Casa da Cultura, durante a Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP).

Deixar comentário