A Campanha Eu quero Minha Biblioteca, pela efetivação da lei 12.244, ganhou novos contornos quando um grupo de jovens decidiu aderir a causa e criar uma página no facebook. A página Jovens Protagonistas na Campanha Eu quero Minha Biblioteca já tem mais de 450 “curtidores”, depoimentos de estudantes sobre a importância da leitura e da biblioteca em suas vidas, e links para diversos sites, vídeos e entrevistas relacionados ao tema da causa literária.

A iniciativa partiu de Aline Maria Andrade, 23 anos, estudante de Engenharia de Produção na Universidade Federal de Pernambuco. Ao conhecer a campanha, Aline decidiu se mobilizar. “Fiquei muito entusiasmada em conceber ideias que poderiam ser úteis na divulgação, bem como criar uma rede de jovens parceiros que pudessem atuar em sua comunidade como agentes disseminadores e cidadãos que não só conhecem, mas que exigem o cumprimento das leis”. Foi Aline quem criou a página. Hoje ela conta com o apoio de mais jovens na geração de conteúdo, na divulgação em seus grupos sociais e no recrutamento de mais “curtidores”.

Existe uma rede de parceiros por todo o estado de Pernambuco, sobretudo no interior, por ser a região mais afetada pela falta de bibliotecas em suas unidades de ensino. “Primeiro enviamos um kit da campanha, com adesivos, panfletos, um pequeno livro explicando a lei para as residências desses parceiros e depois estabelecemos contato telefônico. A grande maioria aceitou o convite e procurou os prefeitos e vereadores de suas cidades e retornou à sua escola de origem divulgando a campanha”, explica Aline.

Aline cursou o ensino médio na Escola de Referência Ginásio Pernambucano, que foi a primeira em excelência de ensino médio em tempo integral do estado de Pernambuco. “A escola tinha uma ótima biblioteca, com um acervo fantástico, bibliotecários prestativos e um ambiente muito favorável à leitura”, diz a estudante, que sempre gostou muito de ler. “Percebia nessas atividades uma forma de me desligar das dificuldades, de recriar minha história, de dar asas aos meus maiores sonhos”, completa a jovem protagonista, cuja autora preferida é Simone de Beauvoir.

Deixar comentário