Foram divulgados os vencedores do Prêmio Literário 2009, concedido pela Fundação Biblioteca Nacional. A premiação é uma das mais importantes do país e reconhece obras classificadas em oito categorias (conto, ensaio literário, ensaio social, literatura infantil e juvenil, poesia, projeto gráfico, romance e tradução). O poeta Bartolomeu Campos de Queirós, autor do Manifesto por um Brasil literário, ganhou o Prêmio Glória Pondé, categoria infantil-juvenil, com Tempo de voo(Editora Comboio de Corda). O Prêmio Clarice Lispector, categoria conto, ficou para Meu amor(Editora 34) de Beatriz Bracher; o Prêmio Alphonsus de Guimaraens de poesia foi para Marina Colasanti, por Passageiro em trânsito(Record); enquanto A minha alma é irmã de Deus (Record), de Raimundo Carrero, venceu o Prêmio Machado de Assis de melhor romance.

A cerimônia de entrega será na quarta-feira, 16 de dezembro, no auditório Machado de Assis,Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro.

Veja a lista de vencedores:

Prêmio Alphonsus de Guimaraens
Categoria: Poesia
Vencedor: Marina Colasanti, com a obraPassageira em trânsito, publicada pela Editora Record.
2º lugar: Reynaldo Damazio, com a obra Horas perplexas, publicada pela Editora 34.
3º lugar: Rodrigo Petronio, com a obra Venho de um país selvagem, publicada pela Editora Top Books.

Prêmio Machado de Assis
Categoria: Romance
Vencedor: Raimundo Carrero, com a obra A minha alma é irmã de Deus, publicada pela Editora Record.
2º lugar: Rodrigo Lacerda, com a obra Outra vida, publicada pela Editora Alfaguara
3º lugar: Bernardo Ajzemberg, com a obra Olhos secos, publicada pela Editora Rocco.

Prêmio Clarice Lispector
Categoria: Conto
Vencedor: Beatriz Bracher, com a obra Meu amor, publicada pela Editora 34.
2º lugar: José Rezende Jr., com a obra Eu perguntei pro velho se ele queria morrer, publicada pela Editora 7 Letras.
3º lugar: Antônio Carlos Viana, com a obra Cine Privê, publicada pela Companhia das Letras.

Prêmio Mário de Andrade
Categoria: Ensaio Literário
Vencedor: Luiz Costa Lima, com a obra O Controle do Imaginário & A Afirmação do Romance – Dom Quixote, As relações perigosas, Moll Flanders, Tristram Shandy, publicada pela Editora Companhia das Letras.
2º lugar: Marcus Mota, com a obra A Dramaturgia Musical de Ésquilo – Investigação sobre composição, realização e recepção de ficção audiovisual, publicada pela Editora da UNB.
3º lugar: Ronaldes de Melo e Souza com a obra A Geopoética de Euclides da Cunha, publicada pela EDUERJ.

Prêmio Sérgio Buarque de Holanda
Categoria: Ensaio Social
Vencedor: Ronaldo Vainfas e Lúcia Bastos Pereira das Neves, com a obra Dicionário do Brasil Joanino, 1808-1821, publicada pela Editora Objetiva.
2º lugar: Mary Del Priore, com a obra Condessa de Barral, a Paixão do Imperador, publicada pela Editora Objetiva.
3º lugar: Demétrio Magnoli, com a obra Uma Gota de Sangue. História do Pensamento Racial, publicada pela Editora Contexto.

Prêmio Paulo Rónai  
Categoria: Tradução
Vencedor: Erick Ramalho, com a obra Poemata, poemas em latim e em grego , publicada pela Editora Tessitura.
2º lugar: Paulo Werneck, com a obra Zazie no Metrô, publicada pela Editora Cosac Naify.
3º lugar: Luís Antônio Martinez Corrêa, com a obra O Percevejo, publicada pela Editora 34.

Prêmio Aloísio Magalhães 
Categoria: Projeto Gráfico
Vencedor: Marina Carolina Sampaio, com a obraLina por escrito: textos escolhidos de Lina Bo Bardi de Silvana Rubino e Marina Grinover, publicada pela Editora Cosac Naify.
2º lugar: Ângela Lago, com a obra Bichos, de Ronaldo Simões Coelho, publicada pela Editora Aletria.
3º lugar: Luciana Facchini, de Décio Pignatari, com a obra Bili com limão verde na mão, publicada pela Editora Cosac Naify.

Prêmio Glória Pondé
Categoria: Literatura Infantil e Juvenil
Vencedor: Bartolomeu Campos de Queirós com a obra Tempo de Voo, publicada pela Editora Comboio de Corda.
2º lugar: Ronaldo Simões Lopes com a obraBichos publicada pela Editora Aletria.
3º lugar: Graziela Bozzano Hetzel com a obra O Lobo publicada pela Editora Manati.

Deixar comentário