Inspirada pelo ideário antropofágico do autor Oswald de Andrade, a 9a edição da Flip – Festa Literária Internacional de Paraty -, começa com o encontro entre o maior crítico literário brasileiro, Antonio Candido, e o compositor e professor de literatura brasileira, José Miguel Wisnik. Na mesa “Oswald de Andrade: devoração e mobilidade”, Antonio Candido contará sobre sua relação literária e pessoal com o escritor e Wisnik falará acerca da importância do pensamento de Oswald de Andrade para a cultura brasileira.

Tendo a ficção como principal eixo da programação deste ano, o evento abrigará também uma maior variedade de idiomas. Na mesa “Laços de Família”, o húngaro, Péter Esterházy, considerado um dos principais autores europeus, encontra o francês Emmanuel Carrére para uma conversa sobre memórias e vivências pessoais. O italiano, Antonio Tabucchi, um dos maiores escritores contemporâneos, conversa com o autor brasileiro Ignácio de Loyola Brandão. Tabucchi foi o responsável pela tradução do romance Zero, de Loyola Brandão, publicado na Itália em 1974, mas proibido no Brasil entre 1976 e 1979. A paquistanesa Kamila Shamsie e o caribenho Caryl Phillips estarão na mesa “Ficções da Diáspora”.

No último dia da Flip, David Byrne, ex-vocalista da banda Talking Heads, fala de sua obra e de seus projetos sobre urbanismo sustentável e transporte público, em especial a bicicleta, tema de seu livro Diários de bicicleta. A 9a Flip acontece entre 6 e 10 de julho, em Paraty, com curadoria do jornalista e crítico literário Manuel da Costa Pinto.

Flipinha e FlipZona

Cirandas de autores, leituras dramáticas, apresentações musicais, teatro e dança compõem a programação da Flipinha que recebe importantes autores dedicados à literatura infantil e juvenil: Graça Lima, Fernando Vilela, Leonardo Chianca, Lúcia Hiratsuka, Maurício Veneza, Marcelo Carneiro, Marcelo Cipis, Márcia Leite, Índigo, Daniel Munduruku e Heloísa Pietro são alguns deles.

Na FlipZona, o cartunista Caco Galhardo vai participar de uma conversa com André Diniz e Rodrigo Rosa. Os autores Ignácio de Loyola Brandão, Edney Silvestre, Joe Sacco e Verônica Stigger, participam das conversas sobre possibilidade profissionais. Ainda na programação, uma mostra de curtas-metragens exibirá, diariamente, os trabalhos feitos por jovens paratienses.

Para a programação completa da Flip 2011, acesse o site da festa literária

Foto: Antonio Candido por Guilherme Maranhão. Acervo Ouro sobre Azul.

Deixar comentário